Transferência- Por notícias recebidas de Lisboa consta que fôra transferido para Faro o sr. José de Beires, governador civil d`este districto.

Pouco mais de um anno desempenhou o sr. Beires o logar de magistrado superior do districto de Vianna, e todavia n`esse curto espaço de tempo a sua gerencia foi illustrada, extremamente conciliadora, e modulada nos sãos e bons princípios da mais justa imparcialidade e rectidão.

Considerado desde muito como funccionario illustrado, intelligente e conhecedor dos negocios publicos, o sr. Beires não desmentiu, durante o tempo que lhe foi confiada, a administração d`este districto,a justa reputação de que gosava.
Ainda se não sabe quem substituirá o sr. Beires no importante logar de governador civil de Vianna.

Governos civis – Consta que estão nomeados governadores civis de Castello Branco, o sr. Guilherme de Barros, de Santarém o sr. Guerra Quaresma, e de Villa Real o sr. Carolino Pessanha.

Diz-se que para Coimbra irá o sr. Miguel do Canto, para Braga o sr. Claudio de Mesquita Rosa, actual governador de Villa Real, e para este districto os srs. Jacome Borges, visconde de Pindella, Joaquim de Azevedo de Araújo e Gama, D. José de Alarcão, e Rodrigo Lobo de Avila.

Tudo isto por enquanto não passa de mero boato, sendo todavia certo que qualquer dos indigitadosera muito digno de se desempenhar das altas funcções de governador civil n`um districto da importancia do de Vianna.

Reformas – Consta-nos que fôra reformado, por ter sido julgado incapaz de serviço, o sr. Manuel José Coelho, tenente-coronel do regimento de infanteria n.º3, estacionado n`esta cidade.

Diz-se que está nomeado tenente-coronel do mencionado corpo, o sr. Luiz Augusto Pimentel, distincto official do exercito, e deputado da nação.