Romaria – Festejou-se hontem o martyr S. Vicente na sua capella, sita ao fim da rua da Bandeira, arrabaldes da cidade.
Concorreu alli muita gente das freguezias proximas, a qual se divertiu muito e bebeu melhor, retirando-se porém tudo em santa paz.

Mascaras – Continúa semsaborão o carnaval, que faz grande esforço para produzir meia duzia de principes e outras tantas pastorinhas.
Na praça da Rainha agglomerou-se hontem de tarde muita gente para ver os mascaras; mas como todos quizeram ser espectadores, tiveram a satisfação de se ver a si mesmos: em quanto a mascaras, zero.
Á noite encheram-se os três salões em que havia baile, e na fórma do costume dançou-se a rachar e… nada mais.

Fallecimento – Depois de prolongada e cruel doença, expirou hontem o sr. Francisco José Pereira, aspirante de alfandega d`esta cidade. Deixa a infeliz família nas mais tristes circumstancias!

Incendio na alfandega do Rio de Janeiro – Um telegrama expedido de Gibraltar com data de 21 do corrente diz que a alfandega do Rio de janeiro fôra destruida por um incendio.
Este facto causou grande cosnternação na população do Rio, e fez paralysar todas as transacções. Não se sabe a quanto montam os prejuizos, mas devem ser fabulosos.