Tudo começou no primeiro ano, quando nos encontrámos pela primeiríssima vez. Nunca falávamos porque tínhamos imensa vergonha. Não nos conhecíamos, mas ao longo do ano fomos desenvolvendo a nossa amizade e, no fim do ano letivo, acabámos por nos tornar amigos.

Chegámos ao segundo ano e começámos a ser muito mais amigos e a conversar mais. Nesse ano desvendámos mistérios que nunca tinham sido revelados. Descobrimos muitas novidades em muitos locais e ainda hoje fazemos isso porque adoramos.

No terceiro ano ficámos ainda mais amigos e tivemos muitos mais enigmas para desvendar, como a descoberta da casa assombrada, em que cada um de nós tinha uma pergunta:
-Quantos anos terá esta casa? – questionava-se o Rodrigo.

– Quem terá vivido nela? – perguntou o Afonso.
– Será que é assombrada? – interrogou-se a Maria.
Ninguém sabia nada daquela casa, mas uma funcionária chamada Carla confirmou que a casa era assombrada. Ficámos na dúvida se ela estaria a dizer a verdade ou a mentir.
Um dos outros mistérios foi a mansão do vizinho, onde apareciam várias cartas, em vários dias diferentes e a última foi um envelope laranja caído no chão cheio de cartas dentro dele.

Agora que estamos no quarto ano somos finalistas e, no futuro cada um vai ter a sua profissão. O Rodrigo vai ser arquiteto, o Afonso vai ser médico e a Maria vai ser detetive. Mas antes disso ainda temos um longo percurso pela frente e temos que aproveitar todo o tempo que estamos juntos para continuar a desvendar mistérios.

Afonso Lima, Maria Beatriz, Rodrigo Braga.