Há muito para melhorar no turismo da Porto e Norte (PNP).  É aproveitar esta oportunidade, na minha opinião, para apresentar projetos, devidamente fundamentados, ao organismo que regula esta atividade. Segundo li, há cerca de 16 milhões de euros para distribuir. 

Entre eles, destaco o restauro e acessos à praia, dos Fortins da Areosa e de Carreço, em Viana do Castelo, e do Forte da Lagarteira, em VP de Âncora. Não esquecer o Forte do Cão, na freguesia de Âncora, para os quais a PNP dispôe já de verbas, embora pequenas, para o custo das obras. No meu entender seria bom ter entre Viana do Castelo e Caminha, aproveitando o areal costeiro, infraestruturas capazes de captar turistas nacionais e estrangeiros, construindo ali apoios de praia e restaurantes. Por exemplo, em Afife, que tem três praias, a praia principal procurada todo o ano, ainda não tem um restaurante, já que os dois que tinha foram demolidos, devido ao programa Polis. 

Um caminho pedonal, ligando Viana do Castelo a Caminha seria interessante para o desenvolvimento do turismo desta região. O tempo está a passar e qualquer dia já estamos no verão. Creio que todos os presidentes de Câmara e presidentes de junta na região, numa altura que existem verbas de milhões para o desenvolvimento do Turismo estão empenhados para que a sua cidade, a sua vila ou a sua freguesia sejam visitadas por turistas nacionais e estrangeiros. 

Além disso, devem pensar nos jovens altominhotos que querem fixar-se no local onde nasceram, trabalhar no Turismo, constituir família e não emigrar ou migrar. Estou convencido que esta é uma oportunidade de ouro para o turismo da região. Vamos acreditar. 

Renovo os cumprimentos. 

                      Antero Sampaio