Quando se fala em Turismo, ou no investimento estrangeiro em Portugal, logo são apontados, pela comunicação social, as regiões de Lisboa, do Porto e do Algarve. Parece-me que o Portugal a norte do Douro, não existe. Felizmente, há outras regiões que não se fala nelas, como o Alto Minho, que exporta anualmente 1,2 mil milhões […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.