O governo português decretou um novo estado de emergência, a partir do dia 15 de janeiro de 2021, devido ao aumento de casos de infeção por Covid-19, isto é, não podemos sair de casa até se decretar o contrário.

Esta situação mudou muito a minha vida!

Para começar, quando acordo de manhã já não tenho de me vestir à pressa, tomar o pequeno-almoço e lavar os dentes a correr. Em vez disso, simplesmente abro o computador e tenho as aulas online. Como não existe outra forma de nos avaliar, os professores enviam-nos muitas tarefas, muitos trabalhos de grupo e, em alguns casos, até mesmo testes para fazermos. Portanto, grande parte dos meus dias confinados são dedicados à Escola… em casa.

No restante tempo, aproveito o facto de não poder sair de casa para jogar videojogos com os meus amigos ou, simplesmente, falar com eles, ver televisão e também estar mais tempo com os meus pais e irmã.

Outro aspeto positivo deste confinamento é ter mais disponibilidade para fazermos aquilo de que mais gostamos, aproveitar o conforto da casa e descansar.

Na minha opinião, a parte mais difícil deste confinamento é a sensação de que estou sempre a fazer as mesmas coisas, no mesmo sítio, de que o tempo passa muito rapidamente e que estou a perder tempo da minha vida preso em casa, sem socializar ou viajar.

A minha esperança é que este ano voltemos à normalidade, logo que for possível e seguro para todos!