Perguntar qual destes três nomes próprios assenta mais e melhor no escritor Eça de Queirós (1845 -1900) poderá parecer estranho a alguns professores e alunos, mas certamente não a todos. Subjacente à pergunta poderá estar algum fundamento razoá-vel. Tal estranheza, porém, dissipar-se-á após as considerações que vou fazer de seguida. Afinal, o nome próprio de […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.