Com tantos milhares de Peregrinos a teus pés nas tuas esplendorosas Festas da Agonia, permite e aceita, Mãe e Senhora, uma prece, humilde e confiante, a favor de quem tanto sofre neste “vale de lágrimas” – a Terra já não paraíso!

Dirige o teu olhar, maternal e compassivo, para os nossos Pesca­dores e seus familiares, cujas lágrimas salgadas já tanto fizeram aumentar a salinidade marítima ! Protege-os e abençoa-os nas horas de angústia e aflição, lutando contra as vagas ou sofrendo na incerteza de salvar vidas e Pescado – alimento de corpos e almas! quantas vezes recorrem a ti, oh! Mãe, suplicando alento ou força moral, em horas de fracasso e luto! Senhora dos Navegantes, guia e protege os nossos valentes ­Pescadores, cujas famílias te agradecerão com tapetes admiráveis!

Bondosa Senhora da Agonia: nestas horas festivas de alegria e reinação das Festas em tua honra, lança um olhar de compaixão para os Doentes-Enfermos e seus abnegados Cuidadores, que lutam e sofrem nos nossos Hospitais, Lares, Seio familiar, onde tantas vezes a Vida perde cor, a noite abafa o dia, as festas perdem sentido! A todos esses Vianen­ces sofredores e nossos irmãos, levai alívio reconfortante e doce, bondosa Senhora da Saúde!

Mas Viana e Alto Minho estão em Festas luzidias, em vossa honra e louvor, oh! Senhora – Mãe dos Peregrinos!

Tantos milhares, vindos de perto e de muito longe, transformam Viana, Princesa do Lima, num centro glorioso de atracção e encanto! A romaria da Senhora da Agonia arrastou-os encantatoriamente até vossos pés, oh! Mãe e Protectora da Humanidade!

Abençoai-os a todos! Satisfazei seus anseios! Sede Estre­la Guia da Humanidade, oh! consoladora e bondosa SENHORA DA AGONIA!!!
Assim seja !