Com um misto de saudade e nostalgia, li (C.M. – 14/abril último) que finalmente o “Sanatório Carmona”, sito em Mozelos – Paredes de Coura, desativado desde 2002, fora agora vendido em hasta pública por 850 mil euros a um investidor local, que pensa adaptá-lo para futura exploração turística.

Porquê a minha saudade nostálgica? – perguntará o meu prezado Leitor. Vou responder imediatamente, simplesmente porque conheci por dentro e de perto aquela Instituição, na já distante década de 50. Era o chamado “Sanatório dos Ferroviários”, mandado construir (nos anos 30 ( salvo erro) para tratamento dos Ferroviários tuberculosos (a princípio, mas posteriormente para outros enfermos da chamada “doença do peito”) e fora dedicada ao Marechal Óscar Carmona – então Presidente da República (1928-1951).

Ainda na referida década de 50, foi significativamente remodelado, com ampliação e linhas modernas. Conheci de perto o seu Director e meu saudoso amigo – o Dr. Braz Regueiro, cujo filho único e também meu amigo que conheci na sua infância julgo viver no Porto. Conheci também o então “Gerente” desse Sanatório – o meu saudoso amigo – Guilherme Moreira – natural de Fafe e infelizmente já no rol dos Idos…! A enfermagem estava confiada às “Irmãs do Bom Conselho” – espanholas.

Uns anos após – ignoro os verdadeiros motivos – esse Sanatório encerrou suas actividades anti-tuberculógicas, passou a recolhimento de doentes mentais (quiçá com ligação à instituição similar da GELFA – V. P. Âncora), vindo mesmo a fechar suas portas em 2002 e ali ficando inativo e quase ao total abandono até aos dias de hoje… Uma espécie de “Algo sem dono”. Culpa de alguém mas abstenho-me de apontar o dedo…

Até que enfim alguém clamou “basta”! e – oh! Quase milagre! – o “coxo” recupera forças e ei-lo com vontade firme de nova e promissora caminhada, proveitosa para si e para os briosos Courenses…! Bravíssimo!! Paredes de Coura – a “Suíça Portuguesa” – merece a valorização e reaproveitamento daquele imóvel e daquela zona linda e saudável, sita na encosta do monte da Senhora da Pena…! em frente Courenses!!! O meu aplauso!!!