Não! Não se trata de uma marca de queijo proveniente do leite das vacas felizes dos Açores, mas antes de uma figura de origem madeirense que, conduzida por sentimentos inatos que dificilmente controla e por um ego muito forte, evidencia, amiúde, posições controversas no âmbito da sua profissão, onde se dá ares de um príncipe […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.