A Ciência, através do seu orgulho débil, desprezou a eterna e incansável busca do Homem, pelo sentido da sua vida.

Agora, começamos a compreender que o desenvolvimento da inteligência espiritual, por meio de orações, meditações e busca de respostas existenciais, aquieta o pensamento e apazigua as águas da emoção. 

Procurar Deus, conhecê-Lo e amá-Lo é um ato de grande inteligência. O amor do ser humano pelo Autor da Vida, fornece força na fragilidade, consolo na tempestade, segurança no caos!

A Vida não espera pelos indecisos. Tome decisões alicerçadas na sua vontade e prossiga. A superação de mais uma crise existencial, passa principalmente pela necessidade de reconhecimento do problema e das possíveis causas do conflito existencial.

 

FCF – Filomena Costa Freitas