Só recordamos que a vida é curta, que os anos rolam vertiginosamente, quando a velhice se aproxima, ou caímos seriamente enfermos. Acreditamos que a vida não tem fim. Mesmo ao entrarmos na chamada terceira idade, queremos pensar que a morte só abraça os outros, já que nós – assim desejamos, – somos eternos… ou quase… […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.