Completados seis anos de mandato, tal como está estabelecido na Constituição, por proposta do Governo e com o aval do Presidente da República, Joana Marques Vidal abandona o cargo de Procuradora Geral da República e é substituída no mesmo por Lucília Gago, a trabalhar já há anos na Procuradoria. Cumprida a lei, ingenuamente, seria legitimo […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.