Voltando à dura realidade. Ficou demonstrado, à sociedade, que, mesmo internado num sanatório, o Zé António não tinha cuidado nenhum consigo, uma atitude que induzia os outros a desaperceberem-se do seu real estado de saúde: a sua contagiante simpatia, pode bem dizer-se, acabava por ser-lhe grandemente prejudicial. No Caramulo, ali chegado no Verão de 1962, […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.