No centenário do cumprimento de uma promessa assumida pela cidade em 1918, a peregrinação ao Sagrado Coração de Jesus no monte de Santa Luzia, realizada no dia 10 de junho, teve uma multidão imensa a subir a montanha sagrada.
Peregrinação de fé, de reconhecimento e de gratidão que se realiza há 100 anos quando a febre pneumónica dizimava milhares de vidas humanas – em Portugal, nessa altura, morreram 100.000 pessoas.
Há cem anos, parecia tudo perdido, não havia nada a fazer, e então o povo da cidade e das aldeias do concelho prometeu ao Sagrado Coração de Jesus subir ao Santuário, ainda em construção, em cumprimento de um voto de fé e de esperança para que a febre pneumónica acabasse. Assim aconteceu o milagre.
O templo dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, onde também se venera Santa Luzia que é padroeira da vista, é obra do arquiteto Miguel Ventura Terra que se inspirou no Sacré Coeur de Montmartre, em Paris, começou a ser construído em 1903.
São notáveis os seus vitrais e as suas rosáceas, a cúpula, a escultura do Coração de Jesus de Aleixo Queirós Ribeiro, os dois anjos do altar – mor de Leopoldo de Almeida em mármore de Vila Viçosa e toda a obra de cantaria do mestre Emídio Lima, de Vila de Punhe.
A paróquia de Alvarães participou, como sempre, nesta admirável peregrinação: os Escuteiros, as Confrarias e centenas de pessoas.
Centro Escolar de Alvarães
Os alunos do 4º ano do Centro Escolar de Alvarães foram a Lisboa no passado dia 06 de junho numa visita patrocinada pela Junta de Freguesia. Foi o batismo de voo para 23 crianças que estiveram no Parque das Nações, no Oceanário, visitaram a baixa da cidade, nomeadamente a Torre de Belém, admiraram o Mosteiro dos Jerónimos e estiveram no Museu dos Coches.
Os meninos do 4º ano acompanhados pelas senhoras professoras Teresa e Amélia e pelas auxiliares de educação deram vivas à alegria e enriqueceram os seus conhecimentos sobre alguns dos monumentos mais emblemáticos da nossa capital.
Realce ainda para a presença do senhor Presidente da Junta de Freguesia, Fernando Martins e para a senhora vereadora da coesão social, juventude e serviços urbanos do Município, Carlota Borges, convidada especial, como forma de conhecer o trabalho da autarquia no apoio à educação.

JUDO
A secção de Judo, a funcionar no Centro Social e Paroquial de Alvarães, a cargo dos professores Carlos Faria e Isabel Maia, esteve na final nacional que se realizou em Lisboa (Odivelas) no passado dia 09 de junho.
Os judocas de Alvarães portaram-se muito bem e deram nas vistas, com realce para o 5º lugar a nível nacional do jovem José Miguel Pinto Marinho que na sua categoria de juvenil quase chegava ao pódio.