Quem passar pelo centro cívico de Alvarães, depara-se com uma tarja preta enorme onde sobressai um apelo para que salvem o Cruzeiro Paroquial. Expliquemos: Fernando Martins, presidente da Junta de Freguesia, foi infeliz ao afirmar que pretendia mudar o Cruzeiro, aqui plantado desde o século XVIII, para outro lugar. O autarca adotou uma estratégia errada […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.