Ao retomar as funções de correspondente, depois de dois internamentos no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, o primeiro para tratar uma infeção pulmonar, e o segundo de uma insuficiência renal, quero publicamente agradecer, sem citar os nomes porque os desconheço, em primeiro lugar, ao cirurgião cardiovascular, que me implantou uma pilha cardíaca […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.