Na Missa Campal do passado dia 20 de junho, fez-se o encerramento oficial deste ano catequético tão atípico. Um ano que se dividiu em dois períodos distintos: desde o seu início até meados de março tudo decorreu normalmente. A partir de março todos ficaram impossibilitados de continuar com as sessões presenciais da catequese. Esta altura […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.