A Confraria de S. Silvestre, após análise das informações e recomendações definidas pela Direção Geral de Saúde, Conferência Episcopal Portuguesa e demais entidades de responsabilidade civil, concluiu que não se encontram reunidas as condições para levar a cabo a Secular Romaria em honra do padroeiro da freguesia, S. Tiago, nos moldes dos anos anteriores. Para […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.