Passaram-se dois longos anos que o monte de São João não ouvia o ribombar dos foguetes, não se enchia com o alarido nem o som de música popular… Este ano regressa o cheiro a sardinha assada, o crepitar de carvão, os abraços de amigos que há muito não se viam…. Este ano temos São João […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.