A participação da Ti’Amália nas atividades relacionadas com a cultura popular na comunidade lanhesense, reportam, no tempo, à organização do Rancho Regional de Lanheses promovida em meados da década dos anos 40 por ação do então professor do ensino primário Gabriel Gonçalves. Nos primeiros anos da segunda metade do século XX, o folclore passou para […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.