Pelo segundo ano consecutivo a festa da Páscoa foi celebrada de uma forma muito contida, sem a habitual visita Pascal. Nesta altura, as famílias e amigos conviviam alegremente. A pandemia de Covid-19, o distanciamento imposto e a suspensão das cerimónias como as conhecíamos, levaram a que os convívios não se realizassem. Em Outeiro, pároco e […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.