O Ciclo de Polinização de Paredes de Coura está de regresso em outubro para o último mês a “polinizar” a vila com música tradicional, clássica e jazz, com concertos e atividades que pretendem aproximar a população e visitantes desta relação entre a cultura e o território.

No fim de semana de 08 a 10 de outubro haverá jazz, com uma programação que é fruto da parceria com a Associação Porta-Jazz, que tem lançado alguns dos álbuns mais conceituados da cena jazz nacional através da chancela Porta-Jazz.

Os concertos começam no dia 08 de outubro com o trio Puzzle 3, composto por Pedro Neves, João Paulo Rosado e Miguel Sampaio, que vão atuar no Largo Visconde de Mozelos às 21h30, numa apresentação do seu primeiro disco “D”. Sábado começará às 10h30, na Caixa de Música, com mais uma sessão da Locomotiva, uma oficina de jazz, ritmo e improvisação assegurada pela Porta-Jazz, com tutoria de André B. Silva, um dos músicos mais requisitados do jazz nacional, criador dos elogiados projetos musicais The Rite of Trio e The Guit Kune Do.

Esta é a última oportunidade de participar nesta oficina, que se estende até domingo, com mais uma sessão às 10h30, que tem sido um grande sucesso nos vários fins de semana dedicados ao jazz e tem contado com um formador convidado diferente a cada sessão, convite que desta vez foi feito ao pianista Pedro Neves, que irá acompanhar André B. Silva na orientação destas duas últimas sessões.

Ainda no dia 09 de outubro, a noite será marcada por um concerto às 21h30, no Largo Visconde de Mozelos, de João Pedro Brandão, saxofonista e compositor português aclamado pela crítica, com a apresentação do disco “Trama no Navio”, acompanhado por um grupo inédito de músicos (Ricardo Moreira, Hugo Carvalhais, Marcos Cavaleiro).

O fim de semana dedicado ao jazz termina no Museu Regional de Paredes de Coura, com um concerto às 17h30 pelo quarteto de Miguel Ângelo (com João Guimarães, Joaquim Rodrigues e Marcos Cavaleiro), em apresentação de “Dança dos desastrados”, terceiro álbum do contrabaixista e compositor.