Este sábado, dia 22, a vila de Paredes de Coura recebe a Feira das Sementes, a partir das 14h, no Museu Regional. A iniciativa já vai na sexta edição, que arrancou com uma ação de sensibilização junto das crianças, procurando motivá-las para a importância das sementes e envolvê-las e às suas famílias na Troca de Sementes.

As ações de sensibilização deste ano decorreram na Quinta das Águias, onde os alunos tiveram contacto com uma grande diversidade de sementes e ervas aromáticas, aprendendo o papel das sementes na biodiversidade e na nossa alimentação, com a aspiração de que alguns deles venham a ser futuros ‘Guardiões de Sementes’.

A Feira Anual de Troca de Sementes tem como objetivo proporcionar o encontro e convívio entre pessoas que valorizam as sementes e plantas locais e que ativamente contribuem para a sua preservação, face ao perigo de extinção provocado pela concorrência de variedades híbridas e transgénicas, que prejudicam o equilíbrio dos nossos ecossistemas.

“A progressiva perda de variedades genéticas de muitas sementes constitui um perigo para a humanidade, porque muitas dessas variedades eram mais resistentes a pragas e doenças. Além do mais, estas representam um património que importa não perder. A educação, a informação e a partilha são das armas mais importantes para contrariar a crescente perda de muitas sementes, quer por desleixo quer pela influência e pressão dos grandes grupos agroalimentares”, defende Vitor Paulo Pereira.

O presidente da Câmara de Paredes de Coura, reforça a importância “de preservar a biodiversidade biológica e incrementar as formas sustentáveis de produção de alimentos, porque simultaneamente contribuímos para uma alimentação mais saudável e um modo de produção mais justo”.

A preservação das sementes autóctones assume assim uma importância vital, uma vez que são cada vez mais raras, sendo progressivamente substituídas por sementes comerciais, que são as mesmas em todo o mundo, enquanto as sementes locais se foram adaptando durante muitas gerações às condições de solo e clima específicas da sua região de origem. Uma vez que as sementes contêm o futuro da vida, é importante mantê-las vivas.

A Troca de Sementes vai proporcionar às pessoas o acesso às sementes originais que as poderão cultivar para sua própria utilização e para as manter vivas.
Todos os que quiserem participar poderão trazer as suas sementes ou plantas para partilhar e trocar.

A Feira Anual de Troca de Sementes está inserida no Projeto Educar para o Futuro – Terra orientado pelo Serviço Educativo do Município, em parceria com o Agrupamento de Escolas e com a Associação Quinta das Águias.

No âmbito do Projeto Terra os alunos do 5.º e 6.º anos fazem a recolha de todas as sementes do concelho, colocando-as no Banco de Sementes Regionais que iniciaram, e tornando-se por isso “Guardiões de Sementes”.