Segundo o poeta, o Natal é quando um Homem quiser, ou quando almas gémeas se unem e polarizam em torno da Natividade, renascendo, continuamente, num espírito de comunhão. Foi Natal, no passado dia 15 de dezembro, na Capela da Sagrada Família, na casa dos Arrais, no Largo das Neves, em Vila de Punhe porque os […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.