A parceria conjunta entre a CIM Alto Minho, o CENFIPE – Centro de Formação e Inovação dos Profissionais de Educação das Escolas do Alto Lima e Paredes de Coura, e o Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima promove, entre os dias 11 e 13 de dezembro, uma nova iniciativa no âmbito da operação “+REDE”- Coordenação, Dinamização, Acompanhamento e Transversal do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – “Alto Minho – Scholl4All”, em que se mistura LEGO, a magia de natal e a capacitação de docentes, pais e encarregados de educação.

Neste sentido, a Escola Secundária de Ponte de Lima será palco da iniciativa “O LEGO® E A MAGIA DE NATAL”, em que a magia do mundo da LEGO e o espírito natalício dão luz à criatividade e imaginação, materializada em criações de inúmeras peças para divertir crianças e adultos. A iniciativa apresentará diversas construções de milhares de peças em diferentes cenários, distribuídas por diferentes mesas temáticas com dioramas, esculturas, comboios, monumentos, entre outras surpresas. Todas as construções são de coleções particulares, executadas por construtores que levam este ‘hobby’ do lego muito a sério.

Nos dias em que decorre a exposição os mais pequenos podem apreciar a arte dos diversos construtores presentes, assim como brincar na “Playzone” (piscina de peças), com centenas de peças, concursos e workshops de construção.

Durante os dias do evento, na “Learning Street” da Escola Secundária de Ponte de Lima, todos os alunos das escolas, utentes das mais diversas instituições locais e comunidade educativa, em geral, são convidados a participar nesta iniciativa, através da visita à exposição e participação nos diferentes workshops/ ações de capacitação e atividades infantis dinamizadas no recinto. A organização aposta assim num programa abrangente, com atrações para toda a família e que a desafia a aí passar um dia completamente diferente, reunindo condições para que se possam divertir das 10h às 17h.

Como nota final, informa-se que se encontram reunidas as condições para receber pessoas com mobilidade reduzida, através da utilização de um elevador, assegurando assim que todos possam visitar facilmente esta realização.