Faleceu Manuel Martins de Amorim, praticamente no dia em que, há um ano, faleceu a sua esposa Albertina Vieito, ambos em período de pandemia. Viveram e trabalharam em França. Há uns anos regressaram a Portugal para gozar a vida, no período da reforma, na residência na Estrada Barco do Porto. Era meu tio, casado com […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.