E o Natal chegou, diferente de todos os anteriores é certo, mas de certa maneira muito mais sentido, apelativo aos sentidos. Se nos anos passados era vivido numa correria ao que era ditado pelas regras do mercado, este é, porventura mais contido nas suas manifestações sociais. Esta nova forma de viver o Natal não é […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.