A epopeia da emigração portuguesa nos anos 60 do século passado, deve ser um dos maiores momentos sofridos na vida para centenas de milhares de compatriotas. Eis uma pequena história da emigração dedicada aos filhos e netos dos vianenses que partiram clandestinos em 1964, para França. No dia 12 de julho de 1964 partiram da […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.