A dança, criativa e suficiente refletida, é o que está patente nesta mostra. Victor Barros é sobejamente conhecido e dispensa apresentações. Já aqui falamos dele, da sua arte, exaustivamente trabalhada no atelier, e do seu percurso. Daí que seja mais importante observar, analisar e sentir a arte que regularmente nos apresenta, sempre com variantes, e […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.