A Comissão Permanente de Acompanhamento da Assembleia Municipal realizou uma reunião na tarde da última segunda-feira, por videoconferência e aberta a todos os membros da Assembleia e Executivo Municipal tendo nela tomado parte, a convite, o presidente da Câmara, José Maria Costa, o delegado de Saúde de Viana do Castelo, Luís Delgado e o presidente da Associação Empresarial, Manuel Cunha Júnior.

Conforme nos informou a presidente deste órgão, Flora Silva, a mesma destinou-se a avaliar a real dimensão e consequências da pandemia Covid-19 em Viana do Castelo no plano sanitário e no da crise económica dela decorrente, bem como as medidas entretanto tomadas e a tomar para minimizar os efeitos da crise pandémica e preparar o regresso à “normalidade”.

Congratulou-se a Comissão Permanente com a situação de “estabilidade sanitária” que se atingiu em Viana do Castelo e a “dinâmica prospetiva da AEVC, sempre próxima dos empresários”. Foi também reconhecida a ação “diversificada e eficaz” da Câmara Municipal na coordenação e ativação institucional, nos apoios diretos à ULSAM e disponibilização de equipamentos de retaguarda, nos apoios sociais diretos e através das IPPSS’s e equipamentos municipais, no apoio aos empresários com medidas de isenção de taxas, de rendas e taxas das concessões camarárias. Foi ainda louvado o papel imprescindível das juntas de freguesia e comissões vicentinas.

Deliberou, no âmbito da saudação ao “25 de Abril” e “1.º de Maio”, aprovar um voto de saudação e agradecimento a todos os “imprescindíveis” que estiveram e estão na primeira linha do combate à Covid-19 e de solidariedade ativa com os mais vulneráveis do concelho.