Um homem de 55 anos de Vila de Punhe, Viana do Castelo, conseguiu provar a paternidade após a morte do progenitor, em dezembro, e vai agora requerer o averbamento do exame pericial ao registo nascimento. Em declarações à Lusa, a advogada do homem, que é emigrante em França, explicou ter sido notificada, na última sexta-feira, […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.