Os órgãos sociais da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) demitiram-se em bloco, na quarta-feira da semana passada, “para forçar eleições” e “renovar a estrutura” da instituição abalada pela detenção, em meados de outubro, do presidente, Melchior Moreira, da diretora executiva, Isabel de Castro, da jurista, Gabriela Escobar Gomes, além […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.