Após três dias de vigília, os técnicos de radiologia da ULSAM – Unidade Local de Saúde do Alto Minho avançaram com uma greve, estas terça e quarta-feira, como protesto “contra a caducidade ilegal dos contratos de trabalho a termo e os recibos verdes, considerando a continuidade da conceção do Serviço de Imagiologia da ULSAM à […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.