A exposição patente na Galeria Barca D`Artes, na rua dos Monjovos, encerra no próximo domingo, dia 22. Nesse dia, Elizabeth Leite estará presente para uma conversa com o público.

A pintora nasceu na Venezuela, em 1982, vive e trabalha em Oliveira de Azeméis, apresenta no seu percurso vários prémios e é já uma referência entre os artistas da sua geração.

Sobre a sua obra o escritor Jorge Velhote destaca no catálogo da exposição que “…há no uso da paleta e da luz, da encenação e do cenário, um destino romântico, um rasto de impureza e perfeição, a mão que prolonga a linha para além da visão do momento ou do sentido que faz do excesso um compromisso com a vida – uma linha da mão onde recrutar a ignorância pela crença ou destino. Ou o mais puído dos sudários onde caligrafar a obscuridade de um rosto, o impulso de um pé, a inacessibilidade de um dorso, as volutas de umas coxas ou a luz da escuridão da pele.”