A comemoração, este ano, do 25 º aniversário da realização da “I Xuntanza Transfronteiriza Galaico-Lusa de Clubes de Leones”, realizada em Vigo, em 1993, merecia que se reavivassem os seus objetivos e se reconhecessem os méritos e o idealismo dos seus mentores.

O Lions Clube de Vila Praia de Âncora tomou essa iniciativa e realizou o 19º Encontro Lionístico Luso-Galaico, no dia 10 deste mês, no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora.
Este Encontro contou com a representação dos clubes portugueses de Barcelos, Covilhã, Ílhavo, Matosinhos, Montijo, Ponte de Lima, Vila do Conde e Vila Praia de Âncora e dos clubes galegos de La Corunha Teresa Herrera e Pontevedra, tendo tido a presença ou representação dos máximos líderes lionísticos de Portugal e Espanha e da Câmara Municipal de Caminha.

No primeiro painel, desenvolveu-se o tema mobilizador deste Encontro “Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa (Itinerário Cultural da Humanidade – Unesco”, inserido no Ano Europeu do Património Cultural 2018, tendo sido muito bem tratado pelos palestrantes Don Celestino Lores, de Pontevedra e Peregrino Prof. José Alfredo Costa, de Vila Praia de Âncora, mostrando o potencial deste elo comum de ligação Luso-Galaica.
No segundo painel, as intervenções sobre “Lionismo  – Desafios e Perspetivas de Futuro” – do presidente dos Lions de Portugal, Nuno Ferrão, da governadora de Espanha, Paula Gundín González, da governador do Centro-Norte de Portugal, Isabel Ismael  e da secretária da Governadoria do Centro-Sul, Ana Ferrão, convergiram na necessidade de uma maior dinâmica de serviço à comunidade, de interligação entre distritos e de maior reforço na retenção e aumento de associados.

A continuidade destes Encontros ficou assegurada ao ser nomeado, por unanimidade e aclamação, o Clube de Leones da Corunha Marineda para a realização do 20º Encontro, no próximo ano lionístico. M. A.