Uma réplica iluminada da torre Eiffel ou uma poltrona em tamanho real são dois dos mais de 50 trabalhos à base de lixo plástico em exposição itinerante pelo Alto Minho, desde o início desta semana, realizados por alunos da região para o projeto do grupo de teatro Krisálida. Ao desafio da ‘guerrilha antiplástico’ daquela companhia […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.