O Centro Histórico de Viana do Castelo vai contar com uma bolsa de espaços para a instalação de comércio com rendas a custos controlados e um apoio municipal para a sua dinamização e recuperação da pandemia de mais de meio milhão de euros, anunciou hoje o candidato do PS à Câmara, Luís Nobre.

“O Centro Histórico de Viana do Castelo conta com intervenções estruturantes importantes, que agora vão ganhar novo fôlego. Uma delas, que aguardávamos há 20 anos para concretizar e que sucessivamente os vianenses aprovaram nas urnas, é a demolição do Edifício Jardim. Vai proporcionar a recuperação da normalidade urbanística, o restabelecimento funcional da cidade, a construção do novo Mercado Municipal e a sua candidatura a património da UNESCO”, disse Luís Nobre.

O candidato do PS e atual vereador no executivo camarário realizou hoje ações de campanha eleitoral no Centro Histórico da cidade de Viana do Castelo e divulgou as várias propostas entre as 48 medidas que, em nove eixos estratégicos, se compromete a concretizar nos 48 meses do próximo mandato autárquico.

Em concreto, envolvendo esta área da cidade, a candidatura do PS prevê medidas de recuperação dos efeitos da pandemia de covid-19 no Centro Histórico, com a criação do programa municipal Reativa Comércio e de uma bolsa de espaços com 40 novas lojas e 10 lojas âncora, para apoio na instalação de comércios com rendas controladas nesta área central da cidade, sobretudo as que “induzam dinâmicas e fluxos pela capacidade mobilizadora entre os consumidores”.