Foram três dias para apresentar os trabalhos efetuados por alunos nas várias áreas de formação. A mostra ETAP juntou no pavilhão da AIMinho dezenas de estudantes dos vários polos da escola.

A diretora pedagógica falava de um evento que “agrega todas as escolas e todos os alunos” da ETAP. Angelina Presa dava conta de que a iniciativa é transversal a todas as áreas de conhecimento da instituição. A informática, mecatrónica, eletrónica, fotografia, desporto, artes gráficas, design de moda, multimédia, comunicação e serviço digital, multimédia, cozinha/pastelaria, restaurante/bar e receção são as áreas de conhecimento deste ano e que estiveram representadas durante os três dias da mostra.

Angelina Presa de entre as várias iniciativas, destacou “o encontro AR-RISCAR subordinado ao tema “30 anos de Ensino Profissional: perscrutar as intencionalidades e perspetivar o futuro” que contou com uma intervenção do professor Joaquim Azevedo e ainda vários painéis sobre as potencialidades e especificidades do ensino profissional, designadamente, a autonomia, flexibilidade, inclusão e cidadania”.

Sob o lema “escola aberta”, a Mostra serve ainda para divulgar a oferta formativa para os próximos anos que segundo a diretora pedagógica “segue as regras da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, I.P. (ANQEP)”.