Há cinco anos como diretor da Escola Superior de Educação (ESE), César Sá fala do percurso da mais antiga escola superior do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, que foi criada ainda antes do Politécnico, e dos desafios futuros. Com a matriz assente na formação de professores, a ESE abriu novos pilares, que assentam na […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.