O Comandante Distrital da Proteção Civil avisou a população para o agravamento das condições climatéricas. A Autoridade Nacional de Proteção Civil aconselha “o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações”.

De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera
(IPMA), prevê-se para os próximos dias um agravamento das condições meteorológicas, com risco associado derivado da precipitação persistente, queda de neve, intensificação do vento, com possibilidade de formação de fenómenos extremos de vento e agravamento da
agitação marítima em toda a costa.

A depressão “Helene” chegará a Portugal amanhã, obrigando o IPMA a decretar aviso vermelho para todo país.

O alerta vermelho será entre as 12h e as 21h devido às previsões de vento forte e agitação marítima. De acordo com o IPMA, as rajadas poderão mesmo atingir os 110 quilómetros por hora.

A região alto-minhota estará debaixo de chuva que poderá por vezes ser forte. As temperaturas mínimas no distrito vão rondar os 4ºC e as máximas vão oscilar entre os 11ºC e os 12ºC.

Os dias seguintes vão ser de abrandamento da precipitação acompanhados de descida da temperatura. As mínimas poderão atingir os 0ºC em alguns pontos do distrito, nomeadamente em Melgaço e Paredes de Coura. O vento soprará fraco.

A Proteção Civil recomenda a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas; adoção de uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias e desaconselha a pratica de atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima, entre outros.