Durante três dias, de 14 a 16 de junho, o Centro Cultural de Viana do Castelo recebeu cerca de seis dezenas de empresas. O presidente da Associação Aliança do Norte (ADN) falou da importância da divulgação das empresas de Viana. Vítor Reis reconheceu que  “temos (em Viana) empresários muito dinâmicos, arrojados e criativos e estão aqui (I Congresso e Mostra Empresarial do Alto Minho)”.

Com três anos de existência e 18 associados de Viana, Ponte de Lima e Esposende, a ADN pretendeu “mostrar o tecido empresarial do distrito, e as boas empresas”. O líder daquela instituição lembrou que no passado faziam, em parceria, com o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) conferências. Contudo, este ano decidiram aliar o congresso à mostra.