Três trabalhadores da loja do Pingo Doce, situada na rua de Aveiro, foram os únicos que se juntaram, na manhã de 22 de fevereiro, a elementos do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (STCESP) para exigir “melhores condições de trabalho”. José Branco é funcionário e sindicalista e dava conta do receio […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.