A diferença está nos novos olhares sobre a monumentalidade de Viana, mas também na evocação de personalidades que Viana teima em esquecer. Nem sempre somos justos com os nossos melhores. E se não o faz quem mais tem essa obrigação, só temos que ficar gratos a quem, tendo oportunidade, sabe não omitir. “Roteiro por algumas […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.