O Município de Viana do Castelo marca presença, este fim-de-semana, na Festa do Outono, em Serralves. O evento celebra a época das colheitas, o reavivar de antigas tradições e costumes, demonstra saberes e práticas ancestrais ligadas à tradição rural, pelo que o concelho vianense será representado com os bordados e a tecelagem.

Estes sábado e domingo, dias 24 e 25 de setembro, das 10h00 às 19h00, a Festa do Outono oferece música, teatro, dança, oficinas, percursos, jogos, artes e ofícios. Viana do Castelo apresenta-se com os bordados certificados, contando com a presença de duas artesãs a bordar ao vivo (Casa Sandra). Participam igualmente duas artesãs que vão fazer demonstração ao vivo da tecelagem com um tear (Letheshome) e de macramé (Darono). 

Recorde-se que, como forma de proteger a qualidade do trabalho das bordadeiras, a Câmara Municipal de Viana do Castelo certificou a marca “Bordado de Viana do Castelo”. Ao longo dos anos, as mulheres de Viana embelezaram as suas toalhas e outros panos, usados em momentos festivos com bordados de grande beleza. A inspiração destes bordados vem dos elementos naturais, com diversas flores estilizadas e elementos vegetais, como são as silvas e as hastes. Desta forma, a exuberância da natureza era transportada para dentro de casa.

Já a tecelagem é uma arte que se funde e se conecta com a história da própria humanidade, tão antiga quanto a sua necessidade de agasalho e de identificação, e consiste em formar um tecido, a partir de fios da trama (horizontal) e da urdidura (vertical), num entrelace entre si. O macramé é uma forma de artesanato milenar. Fios são trançados e atados por nós, de forma puramente manual, para constituir peças de decoração, bijuteria, vestuário, entre outras.